Array Imprimir Array

BIODIESEL DE LEOSUSADOS

Apsnegociaes com a UENF,a PESAGRO e a Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes, a ECO 100 Desenvolvimento Sustentado Ltda. props FAPERJ um projeto para produo de biodiesele abastecimento das frotasdos parceiros, atendendo ao edital de Apoio Inovao Tecnolgicanoltimo trimestrede 2007. No acordo estabelecido, a UENFcedea planta de biodiesel (equipamentos para converso dos leos vegetais usados em biodiesel) erealiza os testes de qualidade; a PESAGRO disponibiliza acessos instalaes onde os equipamentos estoe fornece eletricidade egua, enquanto a PREFEITURAestimula aseparao de leo vegetal usado junto a grandes geradores e s residncias em geral, cuja coleta ser realizada pela VITAL AMBIENTAL ENGENHARIA, que presta servios Prefeitura na gesto de resduos.

O projeto est fundamentadona diminuio do consumo de leo diesel pelos parceiros, quereduziros custos financeiros eas emisses de gases responsveis pelo efeito estufa. A economiade recursos financeiros serdestinadapara um fundo, administrado pela Prefeitura, com o intuito demantercursos profissionalizantes para a populao menos favorecida - atendendo a solicitao de representantes das Associaes de Moradores. Alm disto, sero elaborados os documentos para solicitao de crditos de carbono decorrentes da reduo de produo de metano - pela decomposio evitada dos leos usados, que ocorreria caso fossem despejados nos ralos (atividade corriqueira na regio) - e de dixido de carbono pela combusto de leo diesel nos motores, que ser substitudo pelo biodiesel. Os recursos obtidos desta fonte tambm sero disponibilizados para o fundo municipal.

A proposta foi aprovada em dezembro de 2007 ea inaugurao ocorreuem 30/01/2008, quando o Prefeito Alexandre Mocaiber compareceu sede da Fazenda Angra, da PESAGRO. Alm de assistir converso da primeira batelada de biodiesel produzido com o leo vegetal usado genuinamente campista, o Prefeito, aps discursar para os presentes,abasteceuum nibus da Secretaria de Desenvolvimento e Promoo Social com o complemento para que o combustvel atingisse 5% de biodiesel na mistura. Por fim, o Prefeito, os secretrios presentes,as lideranas comunitriase a imprensaparticiparam da viagem pioneira do nibus, comprovando a totaladequao do combustvel.

A seguir, fotos da primeira experincia de produo de biodiesel de leovegetal usadoem Campos dos Goytacazes.


Veculo da empresa VITAL AMBIENTAL ENGENHARIA, que presta servio PREFEITURA, entrega 350 litros de leos vegetais usados.

retirada uma amostra do material obtido da transesterificao, para realizao de testes.

O Engenheiro Luiz Guilherme da Costa Marques, scio da ECO-100,com amostra de materialaps passarpelo processo dedecantao -tambmaplicado ao material disponvel no reator para, depois de retirado o glicerol pelo fundo do equipamento,ser submetido a lavagem e secagem. Em seguida, foi encaminhado aos laboratrios da UENF para realizao de testes de qualidade.

O nibus da Secretaria de Desenvolvimento e Promoo Social de Campos dos Goytacazes, que passou a utilizar o biodiesel de leo vegetal usado produzido pela ECO-100 na proporo de 3%, para complementar os 2% j misturados obrigatoriamente ao diesel e atingir o B5 incentivado pelo governo estadual.

Vista do nibus com detalhe dos parceiros na faixa, na presena de Luciano Basto Oliveira, scio da ECO-100.

O Prefeito Alexandre Mocaiber, ao lado da Secretria Ana Regina Fernandes, de Desenvolvimento e Promoo Social, antes de abastecer o nibus.